A missão de fazer o bem ao próximo

                No dia 19 de maio do ano 2000, o então jovem Marcio Carvalho iniciou em sua casa, junto com outros jovens da região, reuniões nas noites de sexta-feira nas quais compartilhavam seus sonhos, objetivos e frustrações diante da realidade social que os cercavam. Dois anos depois, como fruto daquelas reuniões, foi alugada uma pequena casa onde se iniciou um trabalho de Casa Abrigo para pessoas que estavam em situação de rua, sem moradia e sem recursos. Durante este período, compartilhavam suas necessidades básicas e viviam juntos como uma espécie de comunidade social.

                Foi no ano de 2005 que, após ter contato com crianças em situação de rua, se enxergou a necessidade de desenvolver um trabalho proativo e preventivo pois, percebeu-se que, sem exceção, todos os adultos os quais tinham passado pela Casa Abrigo vieram de lares que lhes haviam proporcionado infâncias traumáticas. A partir desta tomada de consciência e com orientação das autoridades locais, criou-se a Casa Família abrigando desde então somente crianças e adolescentes.

                Ainda na Casa Família, eram desenvolvidas atividades recreativas e pedagógicas com as crianças que lá estavam. Para que se pudesse trabalhar a sociabilidade destas crianças muitas das atividades que eram desenvolvidas foram abertas para outras crianças do bairro e, a cada dia que passava, mais crianças e adolescentes buscavam espontaneamente a Casa Família para poderem compartilhar o espaço e desfrutarem das brincadeiras, jogos e rodas de conversa. Como existia muita limitação em razão do espaço e da finalidade da Casa Família veio a compreensão da necessidade de se organizar para poder atender uma quantidade maior de crianças e adolescentes assim, conforme as crianças que estavam na Casa Família seguiram seus destinos - algumas adotadas por famílias, outras retornado para suas famílias de origem mas, todas recebendo apoio incondicional - entendeu-se que este ciclo havia findado e a partir de então nasceu formalmente, com estatuto e personalidade jurídica própria, a Associação Refúgio.

                Após sua formalização foi alugado o espaço onde funcionava um antigo mercado do bairro e neste lugar foi dado continuidade as atividades pedagógicas e recreativas e ainda, como o novo espaço era consideravelmente grande (300m²) quando comparado ao da Casa Família, foram agregadas práticas esportivas sendo a princípio com um professor de Taekwondo, posteriormente com as oficinas de Música Popular e Capoeira. 

                Daí em diante, a cada ano que passava, a Associação Refúgio foi crescendo e se desenvolvendo e seus fundadores sentiram a necessidade de buscar formação acadêmica para que fosse conferido maior profissionalismo ao trabalho realizado assim, Marcio Carvalho e sua esposa Michelle Mansano, que já eram graduados em Teologia pela Faculdade Teológica Sul-Americana (FTSA) se aprimoraram, ela se graduando em Psicologia pela Centro Universitário Filadelfia (UNIFIL) e ele em Serviço Social pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e em Gestão do Terceiro Setor pela UniCesumar.

                Em 2009, através de uma parceria com o Governo do Paraná foi possível ampliar, por meio do Programa Atitude, o trabalho voltado à prevenção da violência contra crianças e adolescentes. Desde então, o principal objetivo da Associação Refúgio se tornou trabalhar na prevenção contra situações de risco envolvendo crianças e adolescentes de forma profissional e estruturada. A entidade foi registrada em 2015 no Conselho Municipal de Assistência Social e no Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente passando a usufruir dos Certificados de Utilidade Pública Municipal e Estadual, finalmente em 2018 obteve o CEBAS - Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social.

                Também em 2018 a entidade foi contemplada com os prêmios Criança Esperança/UNESCO e Itaú Social/UNICEF, este último tendo se destacado no 4º lugar a nível nacional dentre aproximadamente 3500 organizações inscritas, sendo a primeira vez em 20 anos de história desta importante premiação que uma entidade da região Sul do país havia sido contemplada.

                Em 2021 vieram mais dois grandes reconhecimentos: novamente a Associação Refúgio foi contemplada com o prêmio Itaú Social/UNICEF do qual foram selecionadas apenas 40 dentre mais de 700 organizações. E não parou aí! Ainda em 2021 a organização foi contemplada com o prêmio/edital da Fundação Abrinq – Projeto Nossas Crianças - do qual foram selecionadas apenas 20 dentre mais de 1000 organizações!

                Atualmente a Associação Refúgio possui sede própria, hoje contando com um espaço com mais de 1000m², e realiza seu trabalho a partir da promoção de diversas oficinas esportivas, culturais, artísticas e grupos socioeducativos ligados ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. O objetivo é desenvolver um trabalho social que alcance famílias, crianças, adolescentes e responsáveis, em especial aos que se encontrem em situação de vulnerabilidade e/ou risco social, na região norte de Cambé (PR), contribuindo para a transformação local, fundamentado nos princípios da cidadania e do desenvolvimento social.

                Dentro do quadro de colaboradores, a Associação Refúgio conta com profissionais graduados em Pedagogia, Educação Física, Psicologia, Serviço Social e Direito além de profissionais de nível médio capacitados para prestação de serviços na área socioassistencial.

                No ano de 2020, por conta da pandemia causada pelo novo Corona Vírus, a instituição teve que se reinventar diante dos novos desafios. Nós não paramos! Foram desenvolvidas estratégias de enfrentamento para as situações geradas pela pandemia, situações estas como: a) aumento da violência e abusos contra crianças e adolescentes, uma vez que a maiorias destes casos se dão no lar, sendo os agressores parentes ou familiares próximos; b) aumento da exploração do trabalho infantil, considerando que houve diminuição da renda das famílias que, em sua maioria, já eram carentes; c) aumento de quadros depressivos e tendências suicidas devido a confinação causada pela pandemia entre outros. Assim foram preparados roteiros de atividades entregues nos domicílios das famílias atendidas, realizados atendimentos psicossociais em grupos por vídeo conferência (WhatsApp, Zoom, etc.), atendimentos presenciais respeitando as medidas de contenção e distanciamento e atendimento pessoal nos casos mais graves, incluindo as crianças e adolescentes encaminhados pelo CRAS.  

                Por fim, a Associação Refúgio, nestes mais de 20 anos de história, já atendeu a centenas de crianças e adolescentes impactando indiretamente toda região metropolitana de Londrina, levando dignidade, respeito e assegurando a fruição de direitos das crianças e adolescentes do Parque Residencial Ana Rosa e seus entornos fazendo se cumprir a expressão do reverendo e doutor Martin Luther King Jr. “Todo trabalho que eleva a humanidade é digno e importante e deve ser realizado com meticulosa excelência”.

Temos orgulho de ser o que somos, temos orgulho de ser Refúgio!


DIRETORIA
Presidente - Marcio José Novais de Carvalho
Vice Presidente - Marcos Orison Nunes
Secretario Geral José Carlos Gonçalves 
Vice Secretária Lucinene Novais de Carvalho
Tesoureira - Gisele Alecia Rodrigues
Vice Tesoureira Ellen Fernanda dos Santos Favaro 

 

Missão

“Guiar, inspirar e empoderar crianças e adolescentes em sua jornada de autodescoberta, construindo um futuro brilhante cheio de oportunidades e transformação social.”

Valores

“Agir com excelência, respeito ao indivíduo e as minorias na promoção da equidade, da liberdade e da dignidade.”

Visão

“Ser a ONG de referência nacional na Assistência Social com crianças e adolescentes, proporcionando oportunidades para que possam sonhar com um futuro brilhante.”

Objetivo Essencial

Ser a melhor ONG do Paraná para crianças e adolescentes

DRE 2021 Balanço Patrimonial 2021 Balanço Patrimonial 2020 DRE 2020 Balanço Patrimonial 2022 DRE 2022
<p>Sua colabora&ccedil;&atilde;o ajuda a&nbsp;<span style="color:#2980b9"><strong>manter e ampliar os projetos</strong>&nbsp;</span>que transformam a vida de centenas de crian&ccedil;as e adolescentes!<br />
<br />
S&atilde;o diversas formas de ajudar e doar.</p>

A sua ajuda é muito importante!

Sua colaboração ajuda a manter e ampliar os projetos que transformam a vida de centenas de crianças e adolescentes!

São diversas formas de ajudar e doar.

Entre em contato